%04%
A palavra dos povos bantu,
KANZO = Pequena casa
NDOMBE = Preto, negro, escuro
MBELE = Criado, iniciado
KANDOMBELE = Pequena casa de iniciação dos negros

%10%
Percorra a floresta que é morada de Ossaim, de Ogum, de Oxóssi, Logun-odé,
de Iroko, de Egungum, de Apaóka, de Odan, de Akokô, de Orum, de Aiê.

Oriente, Omololô, Almas, Nagô, Kêto.
Jeje, Ketu, Angola.
Uni-vos!

Para adentrar-se na casa, coloque sua oferenda na porta: o seu olhar e seu desejo.
Quando entrar, deixe pra trás: seus pudores e preconceitos.
Entregue-se, de corpo e alma, ao que está por vir.
Talvez seja um caminho sem volta.

Se o sopro da vida irrompe e divide o mundo, aqui, ele unifica.

O que não se separa, não se limita.
Une todas as divindades, as diversidades,
todas as dualidades: luz e sombra, preto e branco, bem e o mal,
dia e o noite, o céu e a terra, a água e o fogo, o homem e a natureza.

O homem, no seu estado natural, selvagem, puro,
sem medo, se aventura no desconhecido.
Caçador do próprio desejo.

Desejo que cresce como as folhas em seu habitat
tempestuoso e germina os filhos de todos os orixás.

Onde seremos guardiões destemidos, obscuros, desbravadores de ilusões
que encarceram fantasias e luxúrias, na terra de todos os santos.
Oxalá, Axé, Flesh!

Ndombe Flesh

Modelo Chiquinho Júnior
Fotos João Maciel & Rafael Medina
Direção Criativa Rafael MedinaTexto Átila Moreno
Agradecimento Cabbet Araújo & Sítio Liberdade
Etimologia tatakiretaua.webnode.com.br/