%07%
Quando entrou...
Notei, sem medo.
Que você iria me tomar por completo.
Não sobrevivo mais.
Agora, vivo.
Lutando ainda mais
De cabeça erguida.
Graças a você...
Consegui iluminar o meu ego.
E ver o belo entre a sombra e a escuridão.
Contigo...
Cavei minha autoestima.
Ressuscitei o meu ego.

Dawn of flesh

modelo Nia Nabarro
fotos João Maciel & Rafael Medina
direção criativa Rafael Medina
texto Átila Moreno